Tecido em spray é borrifado no corpo e cria roupa sob medida

18 set

Um tecido que pode ser borrifado na pele ou em outras superfícies para fazer roupas, curativos médicos e até cortinas e estofados foi apresentado nesta quinta-feira.

O material, desenvolvido pelo acadêmico e estilista espanhol Manoel Torres, em parceria com Paul Luckan, especialista em tecnologia de partículas do Imperial College London, foi batizado de Fabrican Spray-on. Uma vez aplicado na pele com tecnologia aerossol, ele seca instantaneamente, não forma costuras, pode ser lavado e vestido novamente.

O tecido é composto por uma mistura de fibras pequenas, substâncias conhecidas como polímeros – que fazem com que as fibras se unam – e um solvente que permite que ele seja aplicado em forma líquida. Após a aplicação, que pode ser feita com lata de aerossol ou um spray de alta pressão, o solvente se evapora. A textura pode ser alterada de acordo com o tipo de fibra usada (lã, linho ou acrílico) e dependendo da forma de aplicação.

“Quando comecei este projeto, queria criar um material futurístico, sem costuras, rápido e confortável”, disse Torres. “Na minha busca por produzir este tipo de tecido, terminei voltando aos princípios de tecidos mais antigos como o feltro, que também é produzido a partir de fibras e um modo de uni-las sem costurá-las ou tecê-las”, e ainda “Como artista, passei meu tempo sonhando com criações únicas, mas como cientista, tenho que me focar em fazer coisas reproduzíveis. Quero mostrar como a ciência e a tecnologia podem ajudar estilistas a criar novos materiais.”

(via Inovação Tecnológica)

Emma Watson e o inverno da People Tree

3 set

No começo do ano conhecemos a tão anunciada coleção da Emma Watson para a People Tree, marca britânica que já há anos atua no meio da moda responsável.

Embora não esteja mais envolvida na criação, a atriz ainda empresta sua imagem para a coleção de inverno da marca. E, dando continuidade ao trabalho, visitou Bangladesh para conhecer a realidade dos trabalhadores da indústria convencional em comparação à comunidade fair trade apoiada pela People Tree.

O vídeo mostra os bastidores da viagem de Emma – e o contraste gritante entre Dhaka e a comunidade Swallows. Nele e nessa entrevista dá para perceber como o comércio justo pode dar a muitas famílias a oportunidade de ter qualidade de vida.

Esses são os must-haves de Emma para a estação. As peças são realmente lindas, mas nada é tão desejável quanto sensação de usar uma roupa com  passado limpo.

Ecochoice

19 ago

Acabei de conhecer a Ecochoice, uma loja virtual multimarcas ecologicamente correta.

Marcas brasleiras com apelo eco-chic – Joyful, Maria Buzina, Econtexto, Raiz da Terra, Tuitá – expõem lá seus produtos para todo o país, com descontos consideráveis. Vale a pena conferir!

Estadão & Cultura Encontros: sustentabilidade e meio ambiente

9 jul

O jornal O Estado de S. Paulo e a Livraria Cultura promovem o Estadão & Cultura Encontros, reuniões mensais com especialistas renomados, sempre na hora do almoço, para discutir assuntos importantes para a sociedade. Na próxima semanam, o tema é sustentabilidade e meio ambiente. Confira a programação:

14/7 – Quarta: COMPORTAMENTO VERDE –  a etiqueta do século 21

Mediador: Rodrigo Villela (editor)

Debatedores: Ligia Krás (analista de tendências, Mindset/WGSN), Marussia Whately (arquiteta e ambientalista) e Beth Furtado (psicóloga, sócia da Alia Consultoria e Marketing)

15/7, Quinta: LIXO – como anda a coleta seletiva e a reciclagem em São Paulo

Mediadora: Luciana Garbin (editora do caderno Metrópole, do Estadão)

Debatedores: Denis Russo Bugierman (jornalista e editor do blog Isso não é normal) e Luiz Gonzaga Alves Pereira (presidente da Loga Logística Ambiental) e Sergio Luis Mendonça Alves (Secretário Adjunto e Diretor do Departamento de Limpeza Urbana – Limpurb)

16/7, Sexta: CÓDIGO FLORESTAL – reforma e polêmica

Mediador: Marcos Guterman (editor da primeira página do Estadão)

Debatedores: Aldo Rebelo (deputado federal pelo PCdoB, relator da Comissão Especial do Código Florestal), Rafael Cruz (ambientalista do Greenpeace) e Roberto Smeraldi (jornalista e membro do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas)

Horário: das 12h30 às 13h30
Local: Livraria Cultura do Conjunto Nacional – Avenida Paulista, 2073 loja 151 – São Paulo (SP)

A entrada é gratuita e as vagas são limitadas por ordem de chegada.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.